Back to basics...



" Tudo que você precisa é de um caderninho"....assim definiu o brilhante Guilherme Arantes,em como as vezes complicamos a vida, tomando como exemplo como o cantor George Michael que só carregava um caderninho sendo algumas de suas mais belas letras escritas durante sua adolescencia em momentos de inspiração num caderno.


Tal relato foi feito pelo Guilherme numa clínica fantástica feita nos meados dos anos 2000 lá no EM&T( O Wander me disse: " Sobe que ele vai abrir tudo..."); de fato foi uma palestra muito esclarecedora e lúcida, vinda de alguém que conhecia os meandros do show biz muito bem, já antecipando o colapso que o mercado musical iria entrar no milénio.

Sempre usei cadernos na minha vida profissional para registrar insigths, mapear musicas, conceitos, idéias de livros, colunas,produções e tudo que achasse pertinente.

O caderno acima acompanha meu roteiro de estudos e gravações de meu novo CD solo( o livro do Don Mock atrás é um dos prediletos da casa...)

Acho que esta mania de anotar em cadernos veio de meu avo materno, calabrês da gema , desenhista e fabricante de móveis que fazia altos cadernos e relatos.

Num mundo onde somos sufocados pelas informações digitais em notes, tablets ,pen drives, escrever a mão livre é quase profissão de fé; mas não seria a vida um eterno afirmar nossas crenças conceitos e sonhos?

Nenhum comentário: