Albuns Clássicos...




Quem acompanha a Guitar Player, talvez tenha reparado que voltei a escrever como colunista, sendo responsável pela seção de álbuns clássicos da revista, função que tenho curtido muito.

A idéia desta seção nasceu graças a matéria que havia feito “100 albuns essenciais” e resolvemos dar seqüencia a mesma detalhando em cada seção discos (listados lá ou não) que fossem pertinentes para o vocabulário de guitarristas.

A minha relação com a mídia escrita especializada, tem sido fundamental para a minha carreira, tanto na GP como em outras publicações como a Cover e as extintas Guitar Class e Tok para quem Toka; devo muito a todos os editores ,repórteres e empresas que publicam estas revistas.

Todavia, sempre quis frisar que a minha função primordial na vida é de guitarrista e faço questão de colocar as minhas outras atividades como valores agregados a esta primeira escolha;sempre tomei um cuidado absurdo(beirando a neurose) para que uma função não embolando o meio de campo com a outra, não usando as colunas e artigos como um mero trampolim para marketing pessoal.

Tento sempre “dentro do possível” expressar minha paixão pela musica e guitarra através das linhas que escrevo.

Acho que acima de tudo um bom músico deve conhecer bem o repertório relativo a seu instrumento, através deste mesmo ira adquirir convicção sobre o que conhece e desenvolver um senso estético coerente com conhecimento de causa.

Através deste mesmo é que irá saber de onde vem a música e decidir para qual caminho irá levá-la.

Ninguém menos que meu amigo (um de meus heróis pessoais), o violonista Ulisses Rocha foi quem despertou em mim a importância da questão do repertório na formação de um instrumentista.

Numa época que o conceito de álbum esta fragmentado ,dado ao caminho que a distribuição de musica na rede se fez lugar comum, creio que chamar a atenção da galera sobre a importância de álbuns clássicos de rock assume uma certa urgência.

Vivemos numa sociedade onde posso comprovar “in loco” que grande parte de meus alunos(com menos de dezoito anos de idade) nunca comprou um álbum(?????????????????!!!!!!!!!!!!!!!).

O que isto ira acarretar para o nosso mercado ,sociedade e maneira de interagir com a musica, é uma incógnita (com I maiúsculo) que nem me atrevo a opinar ; assunto para outros posts.

Mas enfim, fica aqui uma enquete; quem quiser ver algum álbum , que curta muito, analisado na revista, deixe um comentario por aqui.....

Keep on rockin!


Oka

Um comentário:

Fabio Peloia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.