O mundo precisa de mais Chaplins e Keith Moons....

O mundo precisa de mais Chaplins e Keith Moons....


O colunista da Folha e editor do Fantástico ,Álvaro Pereira , definiu o belo e triste 21 Gramas, como sendo um filme que fotografa, de maneira precisa, a tristeza e desesperança de nossos dias... bela e contundente colocação.
Nunca se viu tanto desespero e falta de perspectiva nos dias e noites da espécie humana.
Culpa, será de quem? Do excesso de expectativa que colocamos aqui nos vales de silício, na globalização e no materialismo crasso , que virou a nova religião e culto desta era, marcada pela veneração ao poder e dominação em pequenos e grandes lugares, por pequenas e grandes pessoas?
Charlie Chaplin, um dos primeiros workaholics da era da comunicação, era um gênio, cuja imagem de Carlitos evoca nas pessoas sentimentos puros , camuflados e dispersos nos nossos "Tempos Modernos".
Em minha vida devorei tantas biografias do Who que, às vezes, sinto que sua vida e obra preencheram tanto a minha quanto a de qualquer meu familiar.
Lendo a bela "Who Chronycles", nestas férias(valeu Dulce!), o sentimento similar à figura de Carlitos foi evocado ao rever a figura de Keith Moon.
Considerado,além de gênio maluco da bateria, Moon, melhor que ninguém, personificou o palhaço no circo do rock’n roll; segundo o próprio Towshend, Keith seria capaz de botar fogo em si mesmo, se isso servisse para alegrar alguém ou arrancar risos de uma platéia.
É impossível permanecer estático ao rever os clássicos vídeos das apresentações do Who em Monterey e na Ilha de Wigth , em suas hilárias entrevistas ,em documentários, dando peidos (ao vivo e em cores) e explodindo baterias ; a figura de Moon é tão forte quanto à de Carlitos ou de qualquer gênio da comédia, seja Totó, Groucho Marx , Ugo Tognazzi ou Graham Chapman.
Meu Deus!!! Estará o mundo fadado a ser uma geração de "robozinhos-humanos" que encaram a vida como um mapa programado em busca do sucesso e triunfo, em que drama, humor, risos e lágrimas , os quais caracterizam o belo caos da existência humana, estão sendo substituídos pela previsibilidade?
Que os anjos nos tirem dessa roubada.....

Orkut

Resolvi abandonar todas as comunidades relativas a guitarra que estava no Orkut...

Ao contrário do que deveriam ser, tornaram-se um nada total,apesar da boa vontade de seus criadores e moderadores...

Em vez de criar um cenário mais sadio onde a troca de informações fosse salutar, priorizando acima de tudo a Arte e o nosso amor a guitarra, tem sido um grande vazio...

Este é um lado ruim da web, onde o aparente anonimato gera uma mascara onde podemos ser tudo , esquecendo que limite é uma das regras fundamentais da existência humana...

E a humildade e bom senso parecem ser a primeira coisa a dançar por lá...

Oka

Páscoa


Independente da questão religiosa de cada um, creio que os feriados e datas possuem em si um significado que transcendem ao rito por si só.

Para os Cristãos, a Páscoa é até mais importante que o próprio nascimento de Jesus, sendo que nesta se da o milagre maior de ressurreição do Cristo.

Que nesta data tenhamos a lucidez e sapiência de nos tomar pelo espírito de renovação e despontar para o novo em cada um de nós.

Que tenhamos mais fé na vida e amor ao nosso caminho

Paz

Oka

BBbs, Jason Becker e a vida como ela é…

BBbs, Jason Becker e a vida como ela é…

Não me canso de afirmar a minha imensurável admiração por este ser humano chamado Jason Becker, que há mais de 20 anos tem sido uma fonte inesgotável de inspiração , tanto como ser humano, como musico ,sendo no meu entender uma das poucas almas realmente iluminadas que povoam este mundinho que nós (a merda que dança e canta segundo Tyler Durden!)transformamos num ataque de nervos coletivo movido a consumismo e barganha por poder em maior ou menor escala...

Acompanhei de perto/ distancia todo o drama e vitoria da vida deste cara, como admirador e fã, incluindo seu nome sempre em minhas preces e em muito de meu caminhar nestes anos todos.

Para quem não souber, a ELA(esclerose amiotrófica lateral) é uma doença devastadora que mata em poucos anos e o amor pela vida é a força com que o Jason tem superado as suas barreiras físicas e contado sua bela história ao mundo, tornando-o um lugar mais suportável através da luz de sua musica.

Comprei seu trabalho mais recente que é uma compilação de vários discos somados de três tracks novos...
Dirigindo pelo meio da Teodoro Sampaio até chegar a Paulista já estava as lagrimas; “Electric Prayer for Peace” é uma das melhores musicas que ouvi....

O Jason perdeu todos seus movimentos; respira e é alimentado por um sistema de gastro alimentação , respira por traqueostomia; se comunica por um sistema de piscadas de olhos e movimentos oculares interpretados por uma tabela desenvolvida por seu pai.

Jason já havia dado um belo exemplo de vida e legado ao compor e lançar o álbum Perspective quando a doença já definhava seus movimentos, chegando a operar os programas de notação musical e arranjo com um bastão amarrado ao seu queixo.

O amor a música e a vida se mostra presente através de sua musica,onde o som se transforma na luz que eleva nossos espíritos...
Na outra mão...chega a nona edição o espetáculo que mostra o freak show que nos tornamos em rede televisiva ,com audiência e mídia máximas.
2000 mil anos de civilização cristã, com Jesus dando sua vida por nós na cruz, Pete Towshend compondo Tommy( exorcizando seus fantasmas e definindo o drama da existência humana através de sua obra),Santos Dumont inventando o avião, as obras de Fellini, Lynch e Kurosawa,Basquiat e sua insana luz auto destrutiva, KeithMoon (o mais iluminado palhaço triste do circo roqueiro)Keith Richards e seus riffs,A mágica de Cine Paradiso, a esperança e leveza de Spilberg , vislumbrar o Cosmos e os olhos de Deus através da ciência de Einstein e Hawking,a luz no esgoto de Charlie Bukowski, a luta de todos pelo dia a dia e sua sobrevivência.

Tudo isto e muito mais, leva uma catarrada na cara a cada edição deste programa que mostra o quanto a vaidade, o vazio e a ganância tornaram-se prioridade para nossa efêmera existência permeada como diria o próprio apresentador do programa em questão : “ por nada,nada,nada....”

O fim da novela já sabemos: Um leva o tutu, outra vai para Playboy,outra pra Vip e uma quem sabe: Brasileirinhas....

Quem sabe alguém vira apresentadora, outra não sei , nem quero saber....fodam-se.

No frigir dos ovos, a arte e o entretenimento se equacionaram a visibilidade e identificação da platéia que reflete , assume e personifica a persona exposta nua e crua na frieza da tela....

Enquanto isso apenas vegetamos e vivemos muitas nossas próprias mortes em nossas próprias vidas....

Se a bomba não vier, teremos outras edições deste circo...se vier: Que venham as baratas!!!!!!!!!!!!!!!!

Oka