Crônicas de São Paulo...

Olhar o passado surte um efeito similar a abrir o refrigerador e verificar a data de validade da maionese. Seguindo esta lógica, aniversários são datas que carregam na sua essência muito desta melancólica nostalgia.

O aniversário de São Paulo possui para nós habitantes apaixonados por esta cidade uma carga emocional grande onde lembranças se fundem ao concreto, asfalto, sangue suor e lagrimas.

Quem não tem fotografias emocionais marcantes ,embutidas dentro de cenas cotidianas; caminhar pela Avenida Paulista inteira, apenas para observar a fauna urbana local(da qual faz parte) e “ressetar o hd mental”, olhar a torre de TV iluminada por varias cores que assemelha a um drops de frutas de nossa distante infância, ( e pedir auxílio rezando para este “toten” no meio de uma crise e dilema emocional fodido),cafés sendo sorvidos dentro da esterilidade emocional anestésica de qualquer Shopping Center observando a orgia de futilidades que se tornou a espécime humana, passar pelos lugares onde palcos que significaram tanto não existem mais(que ecoem por lá ainda os fantasmas do Black Jack em Santo Amaro, do Vitoria na Alameda Lorena e do Aeroanta no Largo da Batata), o prédio do Cursinho no metrô Sta Cruz que está para alugar, este sim palco de memoráveis porres as sete da manhã onde decidi ser músico, o Colégio onde estudei que amava detestar, palco de meus primeiros shows onde joguei uma strato no chão pela primeira vêz, a Liberdade e seu ar de mistério e densidade muito antes de virar moda, as bancas de jornais e frutas ,sempre abertas para nossa fome física e de informação, a zona Leste, com seu povo acolhedor sempre com casas e corações abertos, os ensaios regulares na Pompéia, berço do Rock Paulista, onde tive meu batismo de guerra com direito a saudades de shows memoráveis em suas feiras culturais, seja na chuva ou no por do sol.....

Por falar em por do sol, como tem mudado de cor do fim de cada dia aqui em Sampa, do rosado olhos das Deusas antigas cheios e poesia e esperança, se distancia agora para um cinza triste e neurótico

Neurose que parece tomar conta cada vez mais de nossa psique, como podemos verificar pelo transito, onde cada um assume ar e graça de guerreiro do asfalto, jogando seu bólido no carro alheio, inspirado pelas cenas de épicos como Mad Max e Velozes e Furiosos....

Uma vez li alguma atriz citar que em São Paulo, você entra bife e sai moído como: hamburguer,bolinho,croquete,kafta, etc etc e tal;é assim a dinâmica de vida em nossa Blade Runner Tropical... ame, deteste,xingue,chore,ria mas é foda de deixar....

Por que cargas d´agua, meu avo saiu da Calábria e veio para cá na mesma época que meu outro avô saiu do Japão, sabe-se lá...Karma, destino ou que catsu....???????

Parabéns Sampa!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Te amo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Brigadu!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Oka 25/01/09 23:10 P.M.

Guinga

Me repassaram o texto abaixo, e o mínimo que posso fazer é publica-lo aqui....

Depois posto minhas considerações.


"O Sindicato dos Músicos Profissionais do Rio de Janeiro-SindMusi, vem protestar contra o inaceitável tratamento dado por funcionários da alfândega do Aeroporto de Barajas, em Madrid, Espanha, ao músico brasileiro Carlos Althier de Souza Lemos Escobar, o violonista e compositor GUINGA, que foi vítima de agressão física e moral por parte da polícia local, pelo simples motivo de ter solicitado auxílio na elucidação de um furto do qual fora vítima. Guinga teve seus documentos e casaco subtraídos na esteira de raio X do aeroporto, e seu pedido de providências a policiais espanhóis resultou numa agressão que lhe causou a perda de dois dentes e um abismo moral de indignação que feriu covardemente um músico maravilhoso, um profissional exemplar e querido do público e dos seus companheiros.
Os músicos brasileiros exigem tratamento digno das autoridades espanholas, em reciprocidade àquele recebido pelos nossos colegas espanhóis no Brasil. O SindMusi solicita às autoridades diplomáticas do Brasil que estejam atentas e tomem providências contra esse tipo de abuso contra brasileiros, músicos ou não, ao mesmo tempo em que está encaminhando seu protesto ao Governo Espanhol através do Sindicato dos Músicos da Espanha, via Federação Internacional de Músicos."
Déborah Cheyne
Presidente

Long live Rock...

A Guitar World americana escreveu uma lista dos principais guitarristas de rock pesado. Fiquei emocionado em ver muitos de meus heróis citados nesta lista indo do Jason Becker ao Vernon Reid.

Mas o mais legal, é que analisando a lista em questão fica difícil não encontrar um nome citado que não tenha um riff ,solo ou canção que não tenha me emocionado e acrescentado algo para minha vida

No frigir dos ovos é disto que a arte deve ser feita, pois as vezes ,sinto que cada vez mais as pessoas de um modo geral, e infelizmente grande parte da geração nova de músicos ,estão mais interessadas em alpinismo social e não no poder transformador que nosso ofício oferece

Como disse Edgar All Poe(numa frase já citada pelos “besouros” de Liverpool):

"...E no fim, o amor que você leva, é igual ao amor que você deu" (Edgar Alan Poe


Segue a lista em questão:

Enjoy it!!!!

. Tony Iommi (Black Sabbath)
2. Kirk Hammett & James Hetfield (Metallica)
3. Angus & Malcolm Young (Ac/Dc)
4. Randy Rhoads (Ozzy Osbourne)
5. Eddie Van Halen(Van Halen)
6. Jimmy Page (Led Zeppelin)
7. Dimebag Darrell (Pantera, Damageplan)
8. Zakk Wylde (Ozzy Osbourne, Black Label Society)
9. Adam Jones (Tool)
10. Kerry King & Jeff Hanneman (Slayer)
11. Dave Murray & Adrian Smith (Iron Maiden)
12. Jimi Hendrix
13. Glen Tipton & K.K. Downing (Judas Priest)
14. Ace Frehley & Paul Stanley (Kiss)
15. Slash (Guns N' Roses)
16. Ritchie Blackmore (Deep Purple, Rainbow)
17. Yngwie Malmsteen
18. Joe Perry & Brad Whitford (Aerosmith)
19. Dave Mustaine & Marty Friedman (Megadeth)
20. Chuck Schuldiner (Death)
21. Brian May (Queen)
22. Michael Schenker (Msg, Ufo)
23. Nigel Tufnel (Spinal Tap)
24. Jeff Beck
25. Tom Morello (Rage Against The Machine)
26. Head & Munky (Korn)
27. John Petrucci (Dream Theater)
28. Kim Thayil (Soundgarden)
29. Vivian Campbell (Def Leppard)
30. Daron Malakian (System Of A Down)
31. Scott Ian (Anthrax)
32. Tom G. Warrior (Celtic Frost)
33. Chris Degarmo & Michael Wilton (Queensrche)
34. C.C. Deville
35. Marten Hagström & Fredrik Thorndendal (Meshuggah)
36. Alex Lifeson (Rush)
37. Paul Gilbert (Mr. Big, Racer X)
38. Jerry Cantrell (Alice In Chains)
39. Mantas (Venom)
40. Jason Becker (Dave Lee Roth)
41. Phil Collen & Steve Clarke (Def Leppard)
42. Mikael Åkerfeldt & Peter Lindgren (Opeth)
43. Fast Eddie Clarke (Motörhead)
44. Nuno Bettencourt (Extreme)
45. Warren Demartini (Ratt)
46. Mick Mars (Mötley Crüe)
47. George Lynch (Dokken)
48. Ted Nugent
49. Jake E. Lee (Ozzy Osbourne, Badlands)
50. Rudolf Schenker & Uli John Roth (Scorpions)
51. Oystein "Euronymous" Aarseth (Mayhem)
52. Scott Gorham & Brian Robertson (Thin Lizzy)
53. Steve Vai (Dave Lee Roth)
54. Reb Beach (Winger, Dokken)
55. Trey Azagthoth (Morbid Angel)
56. John Sykes (Thin Lizzy, Blue Murder)
57. Hank Shermann & Michael Denner (Mercyful Fate)
58. Richie Sambora (Bon Jovi)
59. Jon Donais & Matt Backhand (Shadows Fall)
60. Stephen Carpenter (Deftones)
61. Alex Skolnick & Eric Peterson (Testament)
62. Brian Tatler (Diamond Head)
63. John Christ (Danzig)
64. Scott "Wino" Weinrich (The Obsessed)
65. Pepper Keenan & Woody Weatherman (C.O.C.)
66. Tommy Victor (Prong)
67. Leslie West (Mountain)
68. Vernon Reid (Living Colour)
69. Glen Buxton & Michael Bruce (Alice Cooper)
70. Bjorn Gelotte & Jesper Stromblad (In Flames)
71. Jim Matheos (Fates Warning)
72. Gary Holt & Rick Hunolt (Exodus)
73. Donald Buck Dharma Roeser (Blue Öyster Cult)
74. Michael Amott (Arch Enemy)
75. Robert Fripp (King Crimson)
76. Andre Olbrich (Blind Guardian)
77. Joe Satriani
78. Frank Hannon & Tommy Skeoch (Tesla)
79. Ty Tabor (King's X)
80. Mark Morton & Will Adler (Lamb Of God)
81. Dino Cazares (Fear Factory)
82. Pete Townshend (The Who)
83. Jon Schaffer (Iced Earth)
84. Timo Tolkki (Stratovarius)
85. Neil Young
86. Abbath Doom Occulta (Immortal)
87. Kai Hansen (Gamma Ray)
88. Uffe Cederlund & Alex Hellid (Entombed)
89. Leigh Stephens (Blue Cheer)
90. Jim Martin (Faith No More)
91. Michael Romeo (Symphony X)
92. Bill Steer (Carcass)
93. Piggy (Voivod)
94. Tony Bourge (Budgie)
95. Sammy Hagar (Van Halen)
96. Alexi Laiho (Children Of Bodom)
97. Akira Takasaki (Loudness)
98. Michael Angelo
99. John Kay & Michael Monarh (Steppenwolf)

Janeiro....

Cá estamos, já quase no meio de janeiro; alguns projetos e perspectivas tomando formas pra todos.

Estudar e ler sempre foi uma maneira de controlar a ansiedade e focalizar a energia em coisas produtivas, sejam métodos de música ou livros de interesse geral...

Seguem alguns que estou carregando na mochila ,cabeceira ou estante de partituras:

Artful Arpegios- Don Mock(Este cara é um gênio!!!!)digitações e conceitos muito legais sobre arpejos

Alguns livros do Jean Marc Belkadi(lenda franco americana, verdadeiro monstro)







O Lógica do Cisne Negro- livro que mostra o lado pragmático, desmistificado e totalmente cético da teoria do caos;no frigir dos ovos mostra que nós mesmos somos uma improvabilidade que deu certo... pesado,non????????????
Seu autor, o Nassin Nicholas Taleb, é um filósofo nas vestes de um economistas e também faz sua vez como economista em dias filosóficos, numa prosa saborosamente cínica

No mp3 player fazendo a trilha : Vangelis _Heaven and Hell






No copo, chá verde misturado com erva cidreira….





Na TV, revendo o Lost



2009... lá vamos nós.....

Oka