walkin...

Walkin by myself.....

Caminhar pelo bairro sem pressa é uma ótima terapia e exercício também; uma maneira muito legal de “ressetar” o HD.
No meio destas caminhadas surgem muitos insigths.
Um que compartilho é o seguinte:o futuro já esta sendo delineado; sendo este uma época constituída por nichos e colméias que definem a maneira como a sociedade é organizada.
Tanto o Lobão como o produtor e parceiro “da casa” Cássio Martin já afirmavam há anos que o futuro do entretenimneto é o mercado independente ; é neste que fervilham idéias e movimentos.
Ao pensar em como o mainstream se torna cada vez mais uma indústria barata e ridícula onde tendências ,comportamentos e gostos duvidosos são empurrados goela abaixo do povo em geral, perccebi que existem bolhas de isolamento propiciadas pelo mercado que corre pelas beiradas ;verdadeiros Oasis, onde podemos escolher, assimilar e consumir o que nos der na veneta; desde livros de neurociência, seriados lado b,bandas de rock independente,documentários sobre tubarões e demais fura bloqueio da estupidez de novelas paranóicas mal escritas ,apresentadores gordos chatos puxa sacos,esporte viciado, política circense e qualquer outra merda que não compactue nem acredite

Revolutions!!!!!

Oka

O Zen e a guitarra...



Quem disse que monges não tocam guitarra?

Olha só que som “pirante” deste monge budista que além de seus ofícios religiosos toca, compõe e canta....

Seu nome é: Tatsunori Kodama

Confiram o vídeo e sua pagina no Myspace

Abx

Zen Punk....



Johnny Lydon e o Zen Punkismo....

Quem nunca teve seu dia de fúria e momento “ I don´t care” como tanto gritou o ícone do punk rock e líder dos Pistols

Mas por de trás de muito sangue e cuspe na platéia, existe um grande filósofo na figura de Lydon(Ex Rotten),

Segue um pouco de seu pensamento Zen Punk ....

“Sid Vicious era uma romântico, e como vocês sabem, romance acaba sempre em tristeza”

“ Para cada resposta que encontramos, surgem uma dezena de dúvidas novas”

“Se você compreende esta regra acima, este é o Planeta ideal”

“Se você busca respostas fáceis esta fudido...”

“Você é o problema...”